Espaço de discussão sobre o comportamento de consumo das crianças na Internet

Arquivo para fevereiro, 2011

Dia Mundial da Internet Segura

Por Vanessa Xavier

“Estar online é mais que um jogo. É sua vida.” Em 2011, este será o lema. Adotado pela rede Insafe, organizadora do Dia Mundial da Internet Segura, comemorado hoje, dia 8 de fevereiro, a frase já suscita cautela e preocupação para pais e educadores.

A data mobiliza 65 países para promover o uso seguro da Internet. E, as ações começam hoje (8) com debate sobre o tema às 14h30 na revista Viração (rua Augusta 1239, cj 11, com vagas limitadas) ou pela Internet no link www.diadainternetsegura.org.br

Dia Mundial da Internet Segura

Página da passeata virtual do Instituto Paramitas

 

 

Durante o dia todo o Instituto Paramitas organiza uma passeata virtual, com o objetivo de reunir interessados para deixar mensagens e comentários sobre o tema.

 

 

“A Internet não é terra sem lei”

A frase, de Marcelo Tas, está no belo vídeo de depoimento publicado na página principal do site brasileiro da Rede Insafe, que reúne as organizações que trabalham na promoção do uso consciente da Internet nos países da União Européia.

Vale conferir!

#ficaadica

 

Rede de blogs em prol da educação

*Por Ana Lúcia Abrão

Instituto desenvolve projeto que une redes sociais, educação e cultura

Transformar a cidade toda em ambiente de aprendizado: essa é a principal proposta do Projeto Palco Digital, criado pelo Instituto Faça Parte. A ideia é formar uma rede social unindo estudantes de todo o País para divulgar eventos culturais gratuitos ou de baixo custo.

Qualquer um pode participar, basta criar um blog e divulgar essas atrações. Pode ser desenvolvido pela Secretaria da Educação do município, a própria escola, um grupo ou indivíduo interessado em compartilhar, mesmo que não seja estudante ou professor – desde que fale de cultura boa e barata.

 

Conheça os Palcos

Mais de 100 blogs em todo País

Atualmente, são 102 blogs no Palco Digital, espalhados por todo o país sobre os mais diversos tipos de manifestação artística: teatro, música, dança, poesia, literatura, exposições, filmes, rádio, oficinas culturais, informática, tecnologia e até matemática. Tem muita coisa interessante acontecendo por lá, vale dar uma olhada.

E, o melhor de tudo: os educadores e a comunidade entenderem que a forma de aprendizagem está mudando. A cidade toda pode ser um enorme e fértil campo de estudos; e a Internet traz a força que faltava, unindo essas experiências e distribuindo conhecimento.